Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.museu-goeldi.br/handle/mgoeldi/991
Tipo: Dissertação
Título: A comunidade de Curculionidae (Coleoptera) de inflorescências da palmeira Euterpe longebracteata Barb. Rodr. em uma área de transição Amazônia-Cerrado, Mato Grosso, Brasil
Autor(es): Guimarães, José Raimundo Rocha
Primeiro Orientador: Valente, Roberta de Melo
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, Adalberto José dos
metadata.dc.contributor.referee2: Medeiros, Hermes Fonseca de
metadata.dc.contributor.referee3: Espósito, Maria Cristina
metadata.dc.contributor.referee4: Vanin, Sergio Antonio
Resumo: Foi realizado o estudo da comunidade de Curculionidae de inflorescências da palmeira Euterpe longebracteata em Áreas de Preservação Permanente, degradadas e preservadas, na Fazenda Tanguro, Mato Grosso, Brasil, com o objetivo de fornecer subsídios às políticas de manejo e recuperação das áreas. Os curculionídeos representaram o componente mais importante da fauna associada às inflorescências de Euterpe longebracteata, com riqueza de 23 espécies, frequência de 97% nas amostras e abundância de 10.000 exemplares (ou 90% da abundância total). As espécies Phyllotrox sp. 18, Phyllotrox sp. 19, Erirhininae gen.n.Asp.1 , Erirhininae gen.n.Esp.1 e Bondariella sp.n.3 representaram mais de 98% da abundância, foram consideradas dominantes nas inflorescências de E. longebracteata e, portanto, especificamente associadas à palmeira, podendo atuar como as espécies polinizadoras efetivas de E. longebracteata na área. Apesar das diferenças entre APPs preservadas e degradadas, as populações de E. longebracteata e a composição de espécies de Curculionidae não apresentaram correlação com o nível de degradação das APPs. A riqueza de Curculionidae também não apresentou correlação com a cobertura do dossel, distância da amostra à borda, tamanho das inflorescências e o número de flores por inflorescências de E. longebracteata. A influência do período de coleta sobre a abundância da maioria das espécies dominantes foi considerada indício de flutuação populacional e sucessão ecológica. Enquanto que Phyllotrox sp. 19, parece apresentar padrão de distribuição agregada. As espécies Phyllotrox sp.18 e Erirhininae gen.n.Asp.1 foram consideradas com tendo abundância mais sensível a degradação das APPs. A palmeira Euterpe longebracteata apresenta potencial de uso na recuperação das áreas degradadas da Fazenda Tanguro, pois suas populações e suas espécies de prováveis Curculionidae polinizadores apresentaram tolerância à degradação observada.
Abstract: The research was done with the community Curculionidae inflorescences of the palm Euterpe longebracteata in riparian areas (PPAs), degraded and preserved, in Tanguro Farm, Mato Grosso, Brazil, aiming to provide inputs on policy management and recovery areas. The weevils represented the most important component of the fauna associated with the inflorescences of the E. longebracteata, with 23 species richness, frequency of 97% in the samples and abundance of 10,000 (or 90% of total abundance). Species Phyllotrox sp. 18, Phyllotrox sp. 19, Erirhininae gen.n.Asp.1 , Erirhininae gen.n.Esp.1 and Bondariella sp. 3 accounted for more than 98% of abundance, were found to be dominant in the inflorescences of E. longebracteata and therefore specifically related to the palm and can act as effective pollinators species of the E. longebracteata in the area. Despite the differences between PPAs preserved and degraded populations of E. longebracteata and species composition of Curculionidae were not correlated with the level of degradation of PPAs. The wealth of Curculionidae also not correlated with canopy cover, distance to the edge of the sample, size of inflorescences and number of flowers per inflorescence of E. longebracteata. The influence of collection period on the abundance of most dominant species was regarded as indicative of population dynamics and ecological succession. While Phyllotrox sp. 19, seems to present a pattern of aggregate distribution. Species Phyllotrox sp.18 and Erirhininae gen. No The sp. 1 were considered as having plenty more sensitive to degradation of PPAs. The palm E. longebracteata has potential use in the recovery of degraded areas of Tanguro farm because their populations and species of Curculionidae likely pollinators showed tolerance to the observed degradation.
Palavras-chave: Inventário biológico
Entomologia
Euterpe longebracteata
Palmeira (Vegetal)
Curculionidae
Inflorescência da palmeira
Besouro
Interação inseto-planta
Mato Grosso - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Museu Paraense Emilio Goeldi
Sigla da Instituição: MPEG
metadata.dc.publisher.department: Departamento 1
metadata.dc.publisher.program: PPG1
Citação: GUIMARÃES, José Raimundo Rocha. A comunidade de Curculionidae (Coleoptera) de inflorescências da palmeira Euterpe longebracteata Barb. Rodr. em uma área de transição Amazônia-Cerrado, Mato Grosso, Brasil. 2009. 84 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.museu-goeldi.br/handle/mgoeldi/991
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Zoologia - Teses e Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_ComunidadeCurculionidaeColeoptera.pdf1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.