Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.museu-goeldi.br/handle/mgoeldi/962
Tipo: Dissertação
Título: Aspectos ecológicos do bacu-pedra Lithodoras dorsalis (Valenciennes, 1840) (Siluriformes: Doradidae) na foz amazônica, Brasil
Autor(es): Barbosa, Thiago Augusto Pedroso
Primeiro Orientador: Montag, Luciano Fogaça de Assis
metadata.dc.contributor.referee1: Petrere Junior, Miguel
metadata.dc.contributor.referee2: Angelini, Ronaldo
metadata.dc.contributor.referee3: Fontoura, Nelson Ferreira
metadata.dc.contributor.referee4: Negrelle, Raquel Rejane Bonato
metadata.dc.contributor.referee5: Maschio, Gleomar Fabiano
Resumo: O objetivo deste estudo foi investigar aspectos alimentares do bacu-pedra Lithodoras dorsalis (Siluriformes: Doradidae) na região da foz Amazônica e seu possível papel como dispersor de sementes. As coletas dos espécimes de L. dorsalis foram realizadas mensalmente de julho de 2010 a junho de 2011, totalizando 371 espécimes capturados. Por meio da análise das gônadas constatou-se que todos os espécimes coletados encontravam-se imaturos, caracterizando-os como jovens. O comprimento padrão médio foi igual a 15,40cm (DP ± 4,87cm) e a massa total média igual a 94g (DP ± 149,45g). A dieta da espécie foi composta por 28 itens alimentares, dos quais 16 foram de origem alóctone e 12 de origem autóctone, o que define a espécie como herbívora, com forte tendência à frugivoria devido aos altos valores de importância de frutos e sementes presente em sua dieta. Houve diferença entre os períodos pluviométricos com relação a sazonalidade alimentar, sendo o final do período de transição entre chuva estiagem e o início da estiagem os períodos de menor e maior atividade alimentar, respectivamente. Porém, a importância dos itens consumidos entre os períodos pluviométricos não apresentou diferença, sendo que a dieta da espécie foi similar durante todo o período de coleta. Quanto à ictiocoria, dos 371 espécimes de Lithodoras dorsalis coligidos, 268 (74,93%) apresentaram frutos e sementes em seus estômagos (principalmente açaí Euterpe oleracea Mart., aninga Montrichardia linifera (Arruda) Schott e buriti Mauritia flexuosa Mart). Para as análises de germinação foram utilizadas sementes do açaí Euterpe oleracea Mart. e da aninga Montrichardia linifera (Arruda) Schott por atingirem quantidade suficiente de amostras. A partir da análise do trato digestivo do bacu-pedra constatou-se que todas as sementes de Euterpe oleracea Mart. apresentavam-se intactas, havendo um aumento no desempenho germinativo, porém o mesmo não ocorreu para as estruturas germinativas de aninga Montrichardia linifera (Arruda) Schott, algumas das quais apresentaram-se destruídas devido ao processo digestivo. Concluiu-se que Lithodoras dorsalis é um potencial dispersor do açaí Euterpe oleracea Mart. na Foz Amazônica, uma vez que há um aumento do desempenho germinativo das sementes. Foi constatado um acréscimo na quantidade de frutos e sementes consumidos à medida que os indivíduos aumentam o tamanho corporal. Por fim, tendo em vista o alto consumo de material de origem alóctone por Lithodoras dorsalis, destaca-se a importância da vegetação ripária por fornecer itens como frutos essenciais na dieta desta e de outras espécies de peixes neotropicais. Além disso, Lithodoras dorsalis parece fazer parte do mecanismo de algumas espécies de plantas para a colonização de novas áreas (ictiocoria), como no caso do açaí Euterpe oleracea Mart.
Abstract: The aim of this study was investigate the ecological aspects related to the rock-bacu Lithodoras dorsalis (Siluriformes: Doradidae) from streams next to the city of Abaetetuba, Pará, Brazil. The aspects investigated were: feeding ecology and dispersal of plant diaspores (seeds). The study of feeding ecology and seed dispersal are important because they provide essential information for understanding the relationship between ichthyofauna and environment, allowing the taking of effective measures in the conservation of species and ecosystems. The samplings were carried out monthly from July 2010 to June 2011. In this period, 371 specimens of L. dorsalis were collected and through analysis of the gonads was found that all were immature. The average standard length was equal to 15.40 cm (SD ± 4.87 cm) and average total mass equal to 94 g (SD ± 149.45). The diet of the species was composed by 28 food items (16 allochthonous origin and 12 autochthonous origin) and Lithodoras dorsalis was classified as herbivore with a strong tendency to frugivory due to the high importance of fruits and seeds in your diet. With regard to the intensity of obtaining food by the rock-bacu, there were differences between the pluviometric periods, where the end of the transitional period wet-drought and early drought periods represented the lowest and highest feeding activity, respectively. However, there were no significant difference to the importance of the items consumed between the pluviometric periods, the diet of species was similar throughout the sampling period. About the dispersal of seeds, 268 (74.93%) of 371s pecimens of Lithodoras dorsalis showed fruit and vegetable seeds in their stomachs, the main being the assai Euterpe oleracea Mart., the aninga Montrichardia linifera (Arruda) Schott and the buriti Mauritia flexuosa Mart. For analysis we used the assai seeds Euterpe oleracea Mart. and aninga Montrichardia linifera (Arruda) Schott for reaching enough samples. From the analysis of the digestive tract of the rock-bacu was found that all plant diaspores of Euterpe oleracea Mart. were found intact, with an increase in performance of this plant germination, but this did not occur to aninga Montrichardia linifera (Arruda) Schott, because the digestion process destroyed some seeds. Thus it was concluded that Lithodoras dorsalis is a potential disperser of assai Euterpe oleracea Mart. in the Amazonian mouth, because in addition to increasing the performance of the seeds germination, there is an increase in the amount of fruits and seeds consumed by the individuals with the increasing of their body size. Finally, given the high consumption of material of allochthonous origin for Lithodoras dorsalis, we highlight the importance of riparian vegetation by providing items such as fruit and seeds, essential in the diet of Neotropical fishes and we emphasize the importance of ictiocoria for plants since many have sessile habit of life and cannot move from one location to another without the aid of dispersers.
Palavras-chave: Peixe
Bacu-pedra
Lithodoras dorsalis
Bagre
Ecologia aquática
Alimentação
Germinação vegetal
Doradidae
Abaetetuba - PA
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::COMPORTAMENTO ANIMAL
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Museu Paraense Emilio Goeldi
Sigla da Instituição: MPEG
metadata.dc.publisher.department: Departamento 1
metadata.dc.publisher.program: PPG1
Citação: BARBOSA, Thiago Augusto Pedroso. Aspectos ecológicos do bacu-pedra Lithodoras dorsalis (Valenciennes, 1840) (Siluriformes: Doradidae) na foz amazônica, Brasil. 2012. 73 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.museu-goeldi.br/handle/mgoeldi/962
Data do documento: 2012
Aparece nas coleções:Zoologia - Teses e Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_AspectosEcologicosBacu.pdf1,59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.